quarta-feira, março 18, 2009

agonia




O mundo desaba
não sei se por ser o mundo também ele humano
ou porque a Humanidade no mundo
tarda

sinto que desisto
porque sem querer
existo

a matéria da qual sou tacteável
esfuma-se
a alma desnuda-se
intratável

não tenho poiso
nem asas que me levem
tenho apenas sonhos
poemas, que de nada servem

o que amei e amo, já não tem nome
as lágrimas que chorei, e choro, ja não são a chuva
já não é dos céus que caio
já não é de guerra a minha luta

temo temer em agonia
temo perder-me este dia
que não seja de um Outono

temo que não haja filosofia
que me acorde, que me diga
que estou desperto num sono...

jorge@ntunes

2 comentários:

@lexis disse...

Temo por esse dia
Farei tudo para que não chegue


“sei que não sei, às vezes entender o teu olhar mas QUERO-TE BEM, encosta-te a mim"

Paula Antunes disse...

Não podes desistir nem muito menos temer...

Vive um dia de cada vez mesmo que seja dificil.

Pensa que tens pessoas que te amam só por isto vale a pena viver, vale a pena lutar e nunca desistir.

Beijos

Adoro-te

Related Posts with Thumbnails