sexta-feira, janeiro 04, 2008

sentir de perdição





Porque me entrego
A este vício de sentir
De querer guardar
Cada momento ao partir

Pegar o tempo
Abraça-lo a chorar
E ao seu ouvido
O meu lamento sussurrar

Porque me perco
Nas areias movediças
Dos sentidos sem sentido
De carícias

E ao longe grito
A saudade que é só minha
E perco a alma
No abismo que se adivinha

Porque me sinto
A este árduo sentir
Porque não posso
Simplesmente fingir

Viver no sonho
Na ilusão
Levar-me todo
Só pela mão

jorge@ntunes

2 comentários:

alexis disse...

és lindo,que a tinta da tua caneta e o papel em que escreves nunca acabe pois assim alimentas o meu coração.jokas p...

Geminiana disse...

Meu querido,cada vez mais admiro o teu talento.Me sinto pequena diante da força que estas tuas palavras expressam.Excelente poema.Meu aplauso e meu carinho pra ti.

ADORO-TE!!!

Beijinhos no teu coração:)

Related Posts with Thumbnails