segunda-feira, novembro 17, 2008

pele




A essência da pele é, lágrimas, é alma.
O restante, cadáver andante
Que sobra
Por existir

A essência
É mistura de sonho e incoerência
É fome de outra pele na sua pele
Lágrimas, alma
De sentir…

Para lá dos sentidos é a morte
Seja ela qual for

Pele amada, aroma de mel
Pele traída, o travo do fel

Para lá dos sentidos é a morte
Pele que «pela» a dor…

jorge@ntunes

1 comentário:

@lexis disse...

Ali
O pavio da vela apagou-se
E os sentidos ficaram despertos

Aqui
As palavras fluem em crescendo
E os pensamentos vão divagando

... Vou já amor ...

E então
Adormeci com vontade de ti,
Fome louca do teu beijo

Related Posts with Thumbnails