domingo, novembro 16, 2008

essências





Viste-me tu?
Ou viste-me com o teu olhar?
Apenas de ver
Apenas de olhar?

Viste-me a mim
Ou em mim o espelho
Do teu desejo?

Quando começou o beijo?
Na tua boca
Ou na distância
De o não sentires?

E era o beijo que querias
Ou apenas os lábios cobertos
Aconchegados
Antes de partires?

Que viste em mim?
Senão uma miragem
Um invólucro, uma imagem
Uma ressonância

Que viste tu?
Medo do fim
Sonhos de infância?

Viste-me tu?
Algum dia vivo
Algum dia nu?


Quando me viste
Que viste?
Era eu quem ali estava?
O negro das minhas vestes
O negro da minha alma?

jorge@ntunes

2 comentários:

@lexis disse...

O nosso beijo sentido
É tão ou mais que o pressentido

A minha visão de ti
É tão ou mais que o sonhado

Tudo em ti
É mais para mim que o que algum dia sonhei

Amo-te para além do beijo

Black Dahlia disse...

obrigada pelo coment

tens bons poemas neste blog

^^

Related Posts with Thumbnails