quinta-feira, novembro 13, 2008

mais nada



Não te direi mais nada
Não que não te queira
Mas quero-te calada

Tudo, porque as palavras
Ditas ou escritas
Não são fiéis ao sentido
Da alma

Não te verei mais
Não que não te queira ver
Vejo-te demais

Tudo, porque o olhar não reflecte
A escultura imaginada
Mostra-nos a forma exacta
Das coisas reais

Não mais te amarei
Não que não te ame
Como sempre amei

Tudo, porque o amor
Sendo humano, finda em dor
E desse amor, não sonhei…

jorge@ntunes

3 comentários:

@lexis disse...

Continua a falar
Que eu vou-me soltando
... a pouco e pouco

Continua a querer-me
Como eu te quero
... cada dia um pouco mais

Tudo para que ...
Me ames como eu te amo
... hoje mais que ontem

Anónimo disse...

Passando exclusivamente para te deixar um beijinho,mais nada...A SAUDADE É GRANDE DEMAIS.


ADORO-TE:)

Fica na Paz!

catarina disse...

perfeito!

Related Posts with Thumbnails