quinta-feira, junho 26, 2008

asas




Trago na memória
Passados de agora
Em tempos futuros

Trago pedaços da história
Sem data nem hora
Saltando fronteiras e muros

Trago no meu olhar
A força do mar
O imenso do céu

Trago no vento a cantar
Na alma a sonhar
O sonho só meu

E o que me espera
É tudo o que resta
De tudo o que eu for

A asa da ave
A porta que abre
O perfume da flor

E o que sobeja
É tudo o que eu veja
E me pareça louco

O corpo que me beija
O meu que deseja
De saber a pouco

Trago comigo um poema
Em ti o meu tema
Por ti a razão

Sagaz teorema
Um novo dilema
Um só coração

jorge@ntunes

2 comentários:

Paula Antunes disse...

Lindo demais...

Beijos no teu coração

Geminiana disse...

Excelente!Não sou uma poetisa e não tenho pretensão de ser,mas percebo e sinto tua escrita.És um grande Poeta.Continua...não pare!

Bjsss no coração :)

Related Posts with Thumbnails