quarta-feira, abril 02, 2008

apenas... palavras...



Porque perco tempo com poemas
E coisas do pensamento
Porque penso?
Se não me invento?

Porque me sento
A olhar o alto
Se me é tontura
Se me é percalço?

Porque gasto tinta
E papeis
Porque sonho sonhos
Se não escrevo leis?

Porque falo eu do que sei em mim
Porque falo eu do que não sei de mim?
Isso para que me serve?
Se no fim
Sou sempre uma lágrima mais que se perde...

No papel...

Porque realidade me tomou esta insanidade?
Porque me julga, julgando saber
Se não passo de uma ilusão?

Porque me contraio
Nesta omnipotente, tentação
Expandindo-me, a perder?

Porque não me chega
Não chegar aonde quer que seja?
Porque não um poema
Que não me veja?

..............................

Porque perco tempo com poemas
E coisas do pensamento?

Será porque vivo no vento
Ou, tenho versos, apenas?

jorge@ntunes

2 comentários:

Geminiana disse...

Porque...porque tanta dúvida? Está escrito nas estrelas.Porque és poeta, e o poeta ama e sente prazer em versejar...não é ilusão... não é loucura...é prazer simplesmente.Continue! É digno o que vc faz.Não desanime ,ainda, vais chegar lá.Acredito em ti.

ADOREI...LINDO DEMAIS!

Beijinhos com carinho...ADORO-TE:)

Fica na Paz!

Paula Antunes disse...

Porque sim, porque nasces-te para fazer poemas.

Estes teus poemas que me embalam...e que eu amo de paixão...

Beijos

Related Posts with Thumbnails