terça-feira, fevereiro 26, 2008

cama




Puxaste o lençol para ti
Deixando o meu corpo à mercê
Do frio caustico da noite
E desse olhar, que já não me vê

Já não faz mais sentido
Este meu lado da cama
Tenho o meu corpo esquecido
Tremendo tão junto da chama

E na madrugada o pesadelo
Da insónia desconcertante
Corre aquela lágrima no rosto
Aquela que te quer por amante

Mas desse lado da cama
Desse de onde pareces imergir
Envolta do mesmo lençol
Vejo-te no vento a partir

Deixas as formas do teu corpo
O teu cheiro na almofada
Fico eu, com os meus sonhos
Fica uma cama sem nada

jorge@ntunes

2 comentários:

Geminiana disse...

Nossa!Belíssimo,muito sensual,uma imagem pra mulher nenhuma botar defeito.Deixaste-me tremendo de emoção,fico a sonhar acordada...
Fica uma cama sem nada.
És lindoo...Mon Amour!Só posso te dizer que AMEI!

Mil beijinhos(*_*)

ADORO-TE!

Ficas na Paz!

Dark-me disse...

Qdo ela se levanta, fica um vazio. Tudo perde o sentido não é?

Entendo-te

Dark kiss

Related Posts with Thumbnails