segunda-feira, outubro 08, 2007

mar meu olhar





Ouço o Mar...
Diz-me a espuma que beija a areia
Que o Mar é uma Sereia
Presa no meu olhar...

Canta para mim o Mar
Adormece os meus sentidos
Acorda-me de tantos sonhos
Sonhos, deveras esquecidos

Chama-me o Mar a si
Encantamento que me prende
É o Mar meu por destino
E eu tudo, o que o Mar sente

Vou já numa vaga, vago de mim
A caminho do seu intenso leito.
Aonde começa o Mar ou findo eu?
Isso que importa?!!! Tudo é derradeiro

Já não ouço o Mar...
O Mar já se perdeu...
Em terra não sou mais um olhar
Olhem!!! Vejam!!!
... O Mar... Sou eu!!!

jorge@ntunes

6 comentários:

Marta disse...

muuuito bom! nem sei o que dizer, lindo demais!!

Marta disse...

hum, achei meu comentário muito medíocre... mas fazer o que =P achei bom e só

Marta disse...

Que bom que deu pra gente se ver hoje, estava com saudade de falar cm você!

Geminiana disse...

Belíssimo!
Não tenho dúvidas que tu tens a grandeza do Mar...

Bjs

Sereia Azul* disse...

Mar de sonhos, mistérios que se cruzam com os sentidos do ser, caminhos secretos onde desaguam cascatas de emoções, onde se prende o olhar nas ondulações do sentimento.

Um abraço de brisa marinha

Sereia Azul*

su disse...

Carregamos o Mar em toda a sua intensidade na extensão da Alma e quando descobrimos que ele somos nós, ou nós somos ele acabamos por nos desconhecer em toda a nossa amplitude...
Cuidade com as sereias...encantam e já não libertam mais! ;)

Belíssimas palavras, como sempre.

Related Posts with Thumbnails