domingo, setembro 24, 2006

sonhos



Na TV fala-se de um crime. Hoje em dia os noticiários apenas falam disso, crimes.
Possivelmente porque nos dias de hoje pouco mais há para falar, ou porque não importa falar sobre mais nada.
Pergunto-me porquê. Não vale a pena perguntar-me, sei de cor a resposta.
Faço ainda este exercício mental para não parecer mentalmente um ser ainda mais incapaz do que me julgam.
Afinal de contas o mundo não é o que vemos e muito menos o que queremos que ele seja. A perspectiva é tudo, e mesmo isso não é uma ciência exacta.
Concentro-me um pouco na notícia, parece que afinal ainda não se provou mesmo ter sido um crime... que raio!!! Mas foi o que disseram no inicio da notícia...
Pois... que se lixe, a ideia é que exista um crime mais não seja na cabeça de alguém, o tipo acusado na notícia seja ou não culpado no mínimo já está lixado...
Fico imóvel, gela-se-me o sangue como se naquele exacto momento tivesse encontrado uma resposta lógica para o irracional. As palavras ecoam na minha cabeça... já está lixado...
Levanto-me, a refeição que nem cheguei a saborear ficou a meio, tudo ficou a meio, o meu olhar mal percorreu a mesa, quem lá estava por certo nem deu por isso... sorri-o,
Deu por isso sim, o acto de me levantar é o momento de maior euforia do dia dedicado à minha pessoa, naquele momento sou pelo lado negativo o centro das atenções, a minha partida é o alivio, a paz dos presentes...
Dirigi-mo ainda não sei para onde, tudo me parece estranho, inclusive os risos impossíveis uns minutos atrás vindos do lugar onde ainda à pouco eu existia.

Vou ao sabor da minha incerteza. Certeza apenas uma, a mesma que tinha antes de me ter aqui, ou seja nenhuma e toda...

Para uns é o céu, para outros é o mar
Para uns a noite, outros o dia
Uns o silêncio
Outros a melodia
Uns a partida outros o chegar

Para uns o vermelho
Outros o lilás
Uns o sonho
Outros o incapaz...

De ser, de sonhar
Ou sonhado ser
A distancia entre o sonho
E o voltar atrás

Deambulo ás cegas. Os caminhos não me parecem caminhos os sentidos não fazem sentido talvez por já não sentirem. Não sei. Se bem que me pareça que nem sequer caminho, que tenha sim, ganho raízes e estando preso, a loucura me adoce o pensamento com uma febre cálida de liberdade. Não faço ideia, não revelo a verdade por medo. Cinjo o meu olhar à visão do que cá dentro me parece e sinto real.

Sempre acreditei que cada pássaro no céu é um sonho de alguém que finalmente se libertou, ganhou asas e deixou para sempre as lágrimas em terra. E depois de partir, após confundir-se com o horizonte se esquece de nós, ganha vida própria e deixa de ser parte nossa.
Partiram os meus sonhos. Nunca mais pousarão em mim , ...nunca mais...

Um dia, talvez, por não ter mais sonhos para libertar, nada mais me reste senão ser noticia de TV. No dia em que não possa ser mais eu ou porque apenas seja crime sonhar.

jorge@ntunes

5 comentários:

Paula Raposo disse...

Concordo, Jorge. Está belo este teu post! Beijos.

Paula Antunes disse...

Tens que continuar acreditar nos teus sonhos...

Beijos

Geminiana disse...

Belíssimo!!!Meu querido, sonhar não e crime, é um direito que tens e que ninguém pode privar-te deste direito.Sonhar é como viver, eu sonho até de olhos abertos.Sonhar é sentir-se voando e tocar os céus, temos que sonhar, criar oq não existe para que viver seja possível.Alguns sonhos são vividos , outros perdidos no tempo, mas o importante é não deixar que nossos sonhos morram.Concorda?Vamos sonhar com com um mundo mais equilibrado, mais humano de Paz e Amor.O homem que sonha é um privilegiado é sinal de esperança em seu coração...

Um beijinho com imenso carinho desta eterna SONHADORA :)

Geminiana

Geminiana disse...

Oi!!! Desejo a você muita:
¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥
¥¥______¥¥¥¥¥______¥¥¥¥¥________¥¥
¥__¥¥¥¥__¥¥¥___¥¥___¥¥¥¥¥¥¥¥¥__¥¥¥
¥__¥¥¥¥__¥¥¥___¥¥___¥¥¥¥¥¥¥¥__¥¥¥¥
¥_______¥¥¥¥___¥¥___¥¥¥¥¥¥¥__¥¥¥¥¥
¥__¥¥¥¥¥¥¥¥¥________¥¥¥¥¥¥__¥¥¥¥¥¥
¥__¥¥¥¥¥¥¥¥¥___¥¥___¥¥¥¥¥__¥¥¥¥¥¥¥
¥__¥¥¥¥¥¥¥¥¥___¥¥___¥¥¥¥________¥¥
¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥¥ e um ótimo final de semana...

Doces beijinhos:)

Amo-te

Geminiana

☆Fanny☆ disse...

Este teu post está fantástico!
Como eu te entendo! Ligar a TV...é isso mesmo! É entristecer...é mergulharnos abismos...é sentir que não pertencemos a este mundo!

Que seria de nós sem o sonho...deste alimento da alma que nos sustém?

Há quem condene os sonhos...quase acabaram com os meus...mas as minhas asas soltaram-se...e continuam a voar por este horizonte de VIDA!

Um abraço de estrelinhas*

Fanny

Related Posts with Thumbnails