domingo, fevereiro 12, 2006

queda de um sonho




A perfeição não dura mais que um instante
a ilusão assolada derrama-se em lágrima
cruel, penetrante

a recordação dói, na alma que se corrói
de não se ter mais pura
e a outrora e distante gloria
tomba moribunda

pobre mortal que se sonhe igual
à eternidade de um poema
rima perfeita do sonho
no sonho da sua pena

jorge@ntunes

7 comentários:

*Geminiana* disse...

Meu querido,gostei imensamente, mas sinto-te triste,não ficas assim.És um filho de Deus perfeito e tens alguém,aqui, do outro lado da telinha que te AMA de coração.
Além do mais, és um privilegiado, pois Deus te deu o dom de ser um grande Poeta, é só acreditar...ok?
Beijinhos c/ carinho.Adoro-te

Paula Raposo disse...

A perfeição não dura mais que um instante...porque nem existe! Portanto, perfeição, onde?! Já a viste?! Já a sentiste, algures?! Beijos, meu querido. Daqui. De tão perto. De tão longe. Adoro esta música...

SEM PALAVRAS disse...

A RECORDAÇÃO DOI....
MAS QUE VIDA SERIA ESTA SEM RECORDAÇÕES ?...O VAZIO DA ALMA.
UM ABRAÇO

MEDUSA disse...

"a recordação dói, na alma que se corrói"
Pra quê insistirmos naquilo que nos faz mal?!
Um bjo

Geminiana disse...

O quadro está lindo!!!Belo como vc.
Beijinhos mil c/ carinho e até...

Ana P. disse...

Quero para sempre ser perfeita
Para sempre dar o nome a um instante
Quero ser a tua luz reluzente
E do teu coração ser a eleita...

Quero ser recordada no teu sentimento
E ter a pureza da glória dentro de mim
Quero ser mortal para ti sim
E sonhar este sonho neste momento

MEDUSA disse...

Voltei pra te dar conta de que estás nomeado pra ter de mencionar no teu blog, cinco dos teus hábitos, e escolheres mais cinco a quem passar a batata quente, assim como ter de lhes dar conhecimento disso.
Desculpa...
Bjo

Related Posts with Thumbnails