terça-feira, janeiro 24, 2006

poem@



É livre este poema
como o sonho que o acalenta
são estas rimas amor
que em cada palavra se inventa

este poema tem asas
foi escrito para ti no vento
leva-te saudades minhas
tão eternas como o tempo

tem poemas este poema
em cada um, um desejo
ser para sempre o teu poema
em cada verso o meu beijo

este poema sou eu
a desejar ser teu

este poema és tu...
...poema meu...

jorge@ntunes

4 comentários:

Paula Raposo disse...

Li.

mar_praia disse...

"este poema sou eu
a desejar ser teu"

como ainda podes querer ser de alguém que te fez/faz sofrer tanto?

Amigo, beijão muito, muito grande...

Anónimo disse...

Meu querido, um poema de palavras eternas, com certeza...Confesso que deixaste-me emocionada.Belo!
Magnifico!! Um dos melhores poemas que já li.Não vou dizer mais nada.
Tenho muito a dizer, mas vou mandar por e-mail ok? Beijinhos

☆Fanny☆ disse...

Mas por que os mais belos poemas de amor são aqueles que são escritos com sofrimento?
É LINDO! Tens o dom para a poesia.

Beijinhos*

Fanny

Related Posts with Thumbnails