segunda-feira, janeiro 23, 2006

peço-te...



Se eu te beijar
se te tiver
se te amar

se buscar em ti o fim

peço-te para não chorares
que não tenhas pena de mim

sei que um dia vais partir
deste meu mundo fugir
deixar-me de rastos, eu sei

mas que destino o meu seria
não te ter tido um dia
não te amar o que eu te amei

seria viver em vão
não sentir no coração
a vida a renascer

antes toda essa ilusão
o momento de paixão
do que sem amor morrer

nos teus passos senti partidas
em cada volta nas idas
aos lugares que te neguei

pudera eu ser um dia
essa alma que sorria
no dia que te beijei

e quando partires amor meu
leva-me que serei teu
na recordação que levares

pois que em mim somente
ficará este meu olhar que não mente
sedento de um dia o amares

jorge@ntunes

3 comentários:

Paula Raposo disse...

Sem comentários...

Anónimo disse...

Peço-te que tenha pena de mim...já chorei muito, pois sempre que aqui venho, raramente não choro, a culpa é simplesmente dos teus lindos poemas de amor...sabes bem que sou uma pessoa sensível, romântica e acima de tudo apaixonada...Tá maravilhoso!!!Lindo!!!Beijinhos no teu coração.

mar_praia disse...

"pois que em mim somente
ficará este meu olhar que não mente
sedento de um dia o amares"

pois, posso dizer o mesmo...

Gostei muito do poema!
A imagem tá excelente e a música diz-me muito... Obrigada pela combinação!

Beijões grandes

Related Posts with Thumbnails