quarta-feira, janeiro 18, 2006

partida...



Partiste,
com o mesmo olhar incerto com que havias chegado
o teu olhar levava a mesma luz, mas invertida
partiste com o mesmo sonho
mas guardado

o mesmo sorriso levaste contigo
o mesmo que me fez sorrir
mas desta vez era sofrido
e fez-me chorar ao partir

foste plo mesmo caminho em flor
do perfume das rosas que te receberam
ao partires eram apenas espinhos
o aroma das flores que em mim padeceram

no mesmo horizonte te vi
silhueta de Deusa e Musa
contraste de céu e de mar

e ao ver-te partir, senti
o mesmo palpitar de desejo, que recusa
não ver-te partir, mas chegar

jorge@ntunes

3 comentários:

Paula Raposo disse...

Gostaria imenso de ser chorada assim, na minha partida...Beijinhos.

☆Fanny☆ disse...

Há partidas que serão sempre chegadas no coração de quem ama...

Beijinhos*

Fanny

Anónimo disse...

Posso te adiantar que adorei!!!És um grande poeta.Não vou me alongar,pois ando meio triste e acho melhor ficar quieta.Um beijo c/ carinho.Paz, muita Paz.

Related Posts with Thumbnails