quinta-feira, julho 30, 2009

sonho d'alma




Se o teu sonho me encontrasse
Neste sonho que não tenho
Mas que sinto ser um sonho
Lá do sonho de onde venho

Não sei bem dizer o quê
O porquê deste dizer
Que teu sonho me dá vida
E nele eu posso morrer

Já fui sombra, já fui treva
Fui um mar sem horizonte
Fui a mágoa de uma flor
Com sede da tua fonte

Sonho este que não tenho
E não me deixa acordar
Desse sonho de onde venho
Aonde me sonhas sonhar…

jorge@ntunes

4 comentários:

prAia em Mim disse...

o desencantamento de um sonho sonhado não deve ser perene...pk sem sonho não sobrevivemos, felizes, nem q seja em projecç
ao de felicidade...

um bj, com o desejo q teus sonhos se realizem em plenitude de sorriso

Aмbзr Girℓ ⅞ disse...

seu poema tem uma nostalgia onírica que ums er cansado sempre que tocar.

amei.

Blog Suicide Virgin

Geminiana disse...

Sonhar faz parte da vida,faz bem para alma,não desista nunca de sonhar...téns que acreditar nos teus sonhos.Desejo-te boa sorte.

Bom fds..fica bem!

Doces beijinhos:)

Ana Paula disse...

Se o sonho permanece, o sonho existe na tua essência...és e ele é!
Faz do sonho não a dor, antes a força!
Mil beijos poeta, lindooo como sempre!

Related Posts with Thumbnails