segunda-feira, fevereiro 09, 2009

tempo




Conto aos dias que passam
Os dias que vou passando
Sem que o tempo me sobre
Dos sonhos que vou sonhando

Ás vezes sento me nas margens
Dos rios que inventei
À margem dos sonhos que correm
Para o mar que não toquei

E tudo é maior do que eu
E eu maior do que nada
Os dias passam e os rios
São sede jamais saciada

Aqui, neste lugar
Aonde por vezes penso
Ou penso que talvez pense

Conto aos dias que passam
Os dias que não me abraçam
O tempo que mal me sente…

jorge@ntunes

1 comentário:

@lexis disse...

E eu...

Que por ti passo

Que em ti toco

Vou sonhando contigo em mim
... ou sonhando comigo em ti!

Related Posts with Thumbnails