terça-feira, fevereiro 17, 2009

@lexis



Não sou herói, não sou perfeito
Não sou talvez daquele jeito
Das estórias de encantar

Sou apenas por defeito
Aquele que dorme em teu leito
E que deixaste ficar

Queria dar-te o mundo
O teu sonho mais profundo
A flor mais graciosa

Dar-te um mar de paz sem fundo
Um sono que fosse tudo
O despertar de uma rosa

Queria teus olhos secar
Dessas lágrimas de chorar
A vida que não te amou

Mas eu só te posso dar
O que vês no meu olhar
Que por ti também chorou

jorge@ntunes

2 comentários:

Paula Antunes disse...

As lágrimas correm em meus olhos ou ler este poema...

Lindo Demais.

Beijos

@lexis disse...

És tudo o que eu quero
O que vejo no teu olhar basta-me
Os 150 anos são para cumprir ... ou a vida toda, o que durar mais tempo!

Amo-te muito homem da minha vida!

Related Posts with Thumbnails