domingo, agosto 31, 2008

retrato




Amiúde toco o teu rosto
Num retrato que imaginei real
Envolto numa moldura, teu corpo
Que sinto e toco carnal

Pensamentos estóicos
Estorvam-me deste momento de ti
Como se os meus sentidos, sentissem
Não te sentirem ser daqui

Toco-te, e não te tenho
E o que tenho é um retrato
Imaginado no dia
Que sinto meu corpo calado

Amiúde toco-me no rosto
Para ainda me permitir
Não ser eu o rosto no retrato
Envolto na moldura de não sentir

Pensamentos loucos
Estorvam-me a lucidez que nunca vi
Como se os meus sentidos, sentissem
Este momento de ti

jorge@ntunes

3 comentários:

http://toninha.abn.zip.net disse...

Lindo!O que mais admiro em ti é esta capacidade de expressar as palavras.Palavras sensíveis e muita sentidas.Adorei...
Bela imagem!

Beijinhos:)

Fica na Paz!

@lexis disse...

Sinto-me cada dia mais como uma foto envolta na moldura que és tu...

Pamm disse...

Adoreio o blog,mais porque abandonou?volte a preencher nossos olhos com as suas palavras ok?
Beejinhus!

Related Posts with Thumbnails