segunda-feira, abril 14, 2008

tamara





Passar pela vida
Sem bater à porta
Despercebida
Hora

Vaguear pelo tempo
Alvitrar o momento
Que não se viveu

Chorar de lamento
Levado no vento
Que o concebeu

Passar pela vida
De costas voltado
Preso nas cordas
De um fado

A relembrar sensações
De coisas que nem sentiu
O sentir tentações
De ver, o que não viu

Sentado no cume
Da montanha mais alta
Da sua incoerência
A contar, cada sonho que falta

E tudo se repete
Por ser humano
Por ser breve

Por ser maior que nós
A alma a voz

A utopia

Por ser em nós
Só mais um dia...

E lá do alto
A sentir o salto
À flor da pele

A ganhar asas
A que te abraças
Quando és fiel

Fiel ao sonho
Fiel à voz
Ao pensamento
Que chega à foz

Do mar imenso
Do teu sentir
A passar pela vida
Que deixaste ao partir

jorge@ntunes

3 comentários:

Anónimo disse...

doce...

Geminiana disse...

Belíssimo!Sentido...profundo.Vida!esta vida é cheia de surpresa!Nos prega cada peça, mas apesar dos pesares,temos que nos dispor levar uma vida mais alegre...viver com serenidade e bom humor.Prucurando olhar o lado agradável das coisas...se possível rir dos nossos problemas.Para poder seguir em frente com os nossos sonhos.Não podemos nos deixar dominar pelo desânimo.Temos que enfrentar os dissabores ,ainda dizer Amém!Adorei!Teu sentir.

Beijinhos coloridos!Meu Anjo!

ADORO-TE:)

Fica na Paz!

tamara disse...

ola..
sendo eu a tamara soubeste me defenir muito bem..
adorei..
beijos

Related Posts with Thumbnails