segunda-feira, março 03, 2008

sírius





No crepúsculo dos meus sonhos
No vasto império dos meus sentidos
Brilha no horizonte, bem acima de todos os astros
Ardente a luz dos meus passos perdidos

Quantos te seguiram e desejaram
Quantos em ti ficaram
Quantos vistes padecer

Rainha dos céus que invento
No gume da espada de vento
Qual Órion por saber

Minha estrela, minha musa
Sol da minha loucura
Imensidão da minha saudade

Aí, desse majestoso trono
Imponente em meu sono
Apenas meu, na eternidade

jorge@ntunes

1 comentário:

Geminiana disse...

Hummm!Vou começar falando da imagem...encantadora!Quanto ao poema,está muito bem escrito.Me perco na magia das tuas palavras!
Digo-te que é um privilégio ser presenteada com estes sólitários e maravilhosos versos.Muitoooo BOM!
VC É O MÁXIMO!!! ADORO-TE!

Beijos no teu doce coração (*_*)

Ficas na Paz!

Related Posts with Thumbnails