quinta-feira, março 06, 2008

melodia




Desaperta esse nó
Que na garganta te aperta
Diz por palavras a vida
Que o medo te nega

Diz com o olhar
A que te sabe o mar
A que te tenta o céu

E se no deserto
Te sentes mais perto
Do oásis só teu

Compõe numa rima
O jardim que germina
O perfume do vento

Abraça o desejo que inflama
O sorriso que reclama
A eternidade do tempo

Vai cantar a lua
Que noite é só tua
Nessa melodia

Deixa que sonho aconteça
E que te adormeça
Para sempre e até ser dia...

jorge@ntunes

4 comentários:

drika disse...

Linda e doce melodia, como tudo por aqui!!! Bjos!

Paula Antunes disse...

Lindo, lindo, lindo...que mais eu posso dizer.


Beijos doces

Paula Raposo disse...

Sempre bonitos os teus poemas. A imagem está óptima! Gostei de tudo. Beijos.

Geminiana disse...

Sensacional!Cantei a lua,sonhei.abracei o teu sorriso e chorei emocionada.Lindooo como o autor.


AMEI!

Beijinhos :)

Ficas na Paz!

Related Posts with Thumbnails