domingo, janeiro 27, 2008

viagem




Vou pelos montes
Pelos ventos, pelas fontes
Pelo toque da giesta

Vou, presa que não sabe
Preso ao voo do Milhafre
Como sombra na luz incerta

Vou, pelo fresco da manhã
Beber da hora vã
Coisas que só eu lhe sei

Vou, ao outro lado da cerca
Em sonhos que por lá me perca
No salto heróico que me tentei

Vou pelos montes
Pelos ventos, pelas fontes
Pelo feitiço do instante

Vou, por gesto de magia
Roubando ao tempo este dia
De eterna criança pujante

jorge@ntunes

1 comentário:

Geminiana disse...

Gostei da viagem...vais pelos montes,vais pelos ventos,vais pelas fontes,mas vai.Busque, lute e verás a vitória.Nada poderá deter a tua felicidade,pois, Jesus está contigo, e eu também.Adoro-te...sabes bem o quanto isso é verdade!

Beijinhos saudosos:)

Fica na Paz!

Related Posts with Thumbnails