domingo, janeiro 20, 2008

sonhos em movimento



Porque vejo as coisas
Acho que as sinto
Tal como as vejo

Mas tantas vezes vejo
E não sinto
Que talvez as coisas
Sejam da visão defeito

Defeito meu ou das coisas
Defeito apenas porque não há perfeito.
Não sei, e se sei duvido
Por preconceito

Se as coisas me vissem
Como possivelmente devem de me ver
Que diriam do que sentem
Se é que sentem saber?

Posso apenas fatalmente
Sonhar que posso
Ver as coisas que vejo

E serem afinal as coisas
Quem sonha este
Que se sonha desejo

Desejo de ser coisas
Coisas que se vejam
Ou não ser coisa com coisa
Eu, as coisas
Que ao vermos
Nos sobejam

jorge@ntunes

5 comentários:

Diana disse...

E sermos apenas aquilo o que sentimos e não apenas o que vemos? Deixo a pergunta no ar, com o beijo de sempre.

Geminiana disse...

Divinal !Meu lindo,você é o máximo! Sempre a me levar ao um mundo encantado.Você é mesmo um grande Poeta.AMEI!Parabéns!Continue a buscar teus sonhos, acima de tudo, no que não conseguiu sentir.Nem tudo que se ver pode ser sentido e nem tudo que se sente pode ser visto.
ADORO-TE:)

Um beijo terno e carinhoso!!

Ficas na Paz!

Geminiana disse...

Meu anjo,estou passando para matar
a saudade, te enviar meu carinho, e pedir a Deus que te cubra de bênçãos sempre,sempre!!!
      
   ***  ***   ***  ***
  ***     *  *     *** ☆“““““♡ VOCÊ
 ***       *       ***
 ***               ***
 ***               ***
  ***             *** ☆““““““““““♡ É
   ***           ***
    ***         ***
      ***      ***
        ***  *** ☆““““““““““♡ MUITO
           ***
            * ☆“““““♡ ESPECIAL!

ADORO-TE!

UM BEIJO GRANDE EM TEU CORAÇÃO:)

FICAS NA PAZ!

alexis disse...

basta sermos como somos verdadeiros.
sonhar que podes ver as coisas?
sonhar alimenta o coração e aumenta o desejo de que podemos sonhar...p...

Paula Raposo disse...

Um magnífico jogo de palavras!!

Related Posts with Thumbnails