quinta-feira, janeiro 17, 2008

chuva



Chove...
Lá fora chove...
O som da chuva chove...
Em mim
Nas coisas
Na chuva...

A rua molhada...
A face molhada...
Chuva que cai
Sem nada

Contudo
Sendo chuva
Sendo rua
Sendo face
Tendo alma


Chove ó chuva, chove!!!!
Que o teu verter é vida
Que o teu esgotar é morte!!!!

Chove devagar
Chove ó chuva, chove!!!!
Fonte do meu olhar...

jorge@ntunes

5 comentários:

Gnose disse...

Também vou deixar-me cair ... como a chuva...

Geminiana disse...

Oh!Que maravilha!Adoro ouvir o barulhinho da chuva, em especial da minha janela.Coincidência,aqui, também chove muito. faz quase uma semana que até mesmo de carro está difícil pra sair de casa.Estou pensando que a melhor solução,no meu caso, é vender o carro e comprar um barco,(rsrs).Linda imagem!Lindo poema...o teu tom de voz também.AMEI!!!
Espero com fé que esta abençoada chuvinha tenha levado na correnteza a tua tristeza,a tua augustia,tudo de ruim que estava aí te rodeando.ADORO-TE:)

Beijinhos!

Ficas na Paz!

Paula Antunes disse...

Lindo demais.

Beijos Doces

Adoro-te

alexis disse...

lindo,lindo...p...

alexis disse...

lindo,lindo...p...

Related Posts with Thumbnails