quinta-feira, dezembro 27, 2007

serena...mente...




Numa noite assim serena
No sentido de um poema
Ou na voz de uma guitarra

Há sempre um Fado a surgir
Um coração a ver partir
Um olhar preso no nada

Numa noite assim serena
Cada esquina tem um tema
Uma incerteza qualquer

Uma lágrima que foi sorriso
Um adeus quase preciso
Entre um homem e uma mulher

E porque o destino não diz
Se o sonho é sempre feliz
Se o sonho é sempre dilema

A vida passa lado a lado
Com a alegria e o fado
Numa noite assim serena

jorge@ntunes

2 comentários:

Geminiana disse...

Maravilhoso!Lindos versos,estou encantada,esta guitarra então!Aja coração,perfeito.Só está faltando um bom vinho e VOCÊ ao vivo e a cores...aí passa ser só alegria, alegria.Amei de paixão!

Beijinhos sonhados:)

Fica na Paz!

Paula Raposo disse...

Gostei desta música das tuas palavras...

Related Posts with Thumbnails