sexta-feira, outubro 05, 2007

sonho em retalhos





Hoje sonhei que não sonhava
Sonhei que era tempo que acabara
Tempo que não mais perdia

Hoje sonhei, que sonhar é partir
Sonhei não ter para onde ir
Sonhei que nada sabia

Procurei o reflexo no espelho, e nada vi
Nem a minha sombra me seguiu
O que de mim nesse instante ali ficou
Foi a saudade em mim que não partiu

Passei o olhar pelo tempo
E cego me creu crente
Um Deus que de mim ri
Na sua feição prepotente

Hoje sonhei, mas não sonhava
E o que senti, não sentia
Hoje foi tudo apenas uma ilusão
Nem eu tampouco existia

jorge@ntunes

1 comentário:

Geminiana disse...

Oh! querido,espero que estejas bem.Belo poema,apesar de triste.Gostei!Mas porque tamanha desilusão? Não deixe seus sonhos virarem pesadelos.Expulse esta tristeza do seu coração.Acredite, amanhã será outro dia e sol brilhará na tua janela.Quero te ver alegre e sorrindo pra vida.
Afinal, a vida nos foi ofertada para vivermos felizes.VIVA!!!
TE ADOROOOOO!

1000 beijinhos recheados de BONS SONHOS:)

Related Posts with Thumbnails