sábado, outubro 27, 2007

encantador de sonhos




Verter viva
A imagem
Intemporal...

Desencantar
Na ilusão
A razão
Acidental...

Chamar a si
A infalibilidade
Do desejo...

Errar plo tempo
No roçar
De um beijo...

Sorrir
No desenlace
Do encanto...

Olhos nos olhos
Tomar dos cisnes
O canto...

Melodiosamente, voar
Na dança...
Planar
Com asas
De esperança...

PODER!

QUERER!

FINDAR,
A noite nublada,
Medonha...

Domar os sonhos...
Quem o não sonha?...

jorge@ntunes

2 comentários:

impulsos disse...

Deixei-me encantar pela melodia que se ouve em cada esquina das tuas palavras...

Fechei os olhos e desafiei o poder desse encanto...

E o sonho acontece em cada um dos teus versos...

Embalo-me na tal melodia que te falei...

Se domo os meus sonhos, não sei, mas que me deito sob o lençol colorido desses mesmos sonhos... lá isso... eu deito!

Beijo

Paula Antunes disse...

Quem não o sonha....

Lindo.

Bjs

Related Posts with Thumbnails