sexta-feira, setembro 28, 2007

sonhos roubados



Quem vem assim de rompante
Roubar-me o sonho, o instante?

Quem vem?
Quem me leva
O que mais ninguém tem?

Quem me desperta os sentidos
Os olhares perdidos
No céu?

Quem me tenta?
Quem se inventa
De breu?

Quem...
Quem, no momento virgem de me dar
Me atormenta a certeza?
Quem se julga
Assim chegar?!!!

Não te conheço a voz
Não te deslumbro a forma.
Apenas me vejo tormento
Quem és tu?
És tu o vento?

És tu a forma tentada
Da perdição?
És tu o passado, o presente
Ou o futuro
Da ilusão?

Quem és?
Eu?
Caído a teus pés?...

jorge@ntunes

2 comentários:

Geminiana disse...

Ah!Meu Anjo!Sempre que passo aqui neste teu cantinho a emoção toma conta de mim.Me pergunto: Porque? Porque tem que ser assim.Olhe!Ninguém tem o direito de roubar teus sonhos.Deixe sua imaginação voar...cultive teus sonhos,guarde-os dentro do teu coraçãozinho...se acreditares será indestrutível!
Se tiveres mais alguma dúvida,deixe comigo que consultarei os ASTROS e te enviarei a resposta com urgência!

Deixo-te um grande beijo de coração para coração!!!

Felicidades mil e fica na Paz!

AMO-TE :)

Geminiana disse...

Mon Amour,passei para te deixar um beijinho carinhoso e esta poesia.Não é minha, pois, bem sabes que não sou poetisa...sou apenas uma eterna Sonhadora.

Um lindo fds!E lembre-se:AMO-TE



"Busco-te"


Eu te procuro no escuro do quarto,
Na face oculta da Lua,
No silêncio triste da rua.


Procuro-te nos meus olhos a chorar,
Na imagem que reflete no espelho
Não te encontro em um só lugar
Para o meu desespero!


Num segundo de delírio
Encontro-te na solidão,
Ignoro o teu sorriso, pois sei que é ilusão.


Estou farta dessa distância
Quero-te aqui, meu amado,
Vem matar essa ânsia
De ter-te ao meu lado.

(AD)

Related Posts with Thumbnails