quinta-feira, março 09, 2006

fome de ti



Tenho fome
quero comer-te
saborear cada pedaço de ti
com a mesma paixão
com que com este olhar te despi

quero enfardar-me da tua carne
chupar-te até ao tutano da alma
beber do teu suor, das tuas lágrimas
e digerir-te com calma

tenho fome
salivo deste jejum
de morte
mata-me, agora, e aqui
esta fome
de ti

jorge@ntunes

6 comentários:

Lu disse...

Essa fome é a pior de todas...
=***

Paula Raposo disse...

Reparei ontem na imagem diferente, mas não consegui comentar. Um poema belíssimo, que é escusado repetir, porque é lindo mesmo! Beijos.

Geminiana disse...

Hummm!!! Bonito o novo visual do teu bolg...Amei!!!Confesso que, hoje,não fizeste-me chorar e sim sorrir muito.Deixe fluir teu desejo,não vais reprimí-lo, pois isso é oq dá sentido a vida...teu sentir não é coisa do outro mundo... é muito natural de um ser que ama...Adoro-te,meu querido.

Um beijinho carinhoso...

Fica na Paz


Geminiana.

Paula Antunes disse...

Mano esta nova imagem está linda...

Adorei Adorei Adorei

E como eu gosto de maças.

Lindo como sempre.

Beijos

Magia disse...

O pecado mora aqui...
Onde a fome abre portas, o desejo abre janelas e prazer de fecha entre 4 mãos sofregas de paixão...
Adorei conhecer o teu espaço...
Usas da palavra de uma forma muito profunda, sentida e única...
Voltarei para ler o que já deixaste para trás e aquilo que ainda irás escrever.

Encantamentos mil

MEDUSA disse...

Há fomes e fomes, mas esta tua fome...
um bjo

Related Posts with Thumbnails