sexta-feira, fevereiro 24, 2006

uno



Pudera eu mandar no destino
buscar nele o teu olhar para mim
fosse eu eco dentro de ti
do meu desejo sem fim

pudesse eu ser o primeiro dia
da tua eterna vontade
pudesses tu amar-me
no ultimo dia com a mesma saudade

pudessem as estrelas serem teus beijos
aquecendo a noite nua
serem os céus infinitos
morada dos versos que te canto sob a lua

pudesse o destino ser nosso
trocado num olhar taciturno
uma alma, um corpo
sonho uno

jorge@ntunes

4 comentários:

Ana P. disse...

Hoje não vou comentar
Não posso....

Não tenho palavras...

Beijo

*Geminiana* disse...

Anjo meu, sabes bem o quanto te admiro...mais uma vez estou perplexa c/ a facilidade que tens de tirar de dentro de ti tanta inspiração.Mais um Poema Belíssimo!!!Estou fascinada.Meus pensamentos viajam e me transportam.Sabes onde estou neste momento?Aí pertinho, do teu lado.O quadro está muito bonito!
Um abraço do tamanho dos meus sentimentos por ti...

mar_praia disse...

Pudesse ser tudo como nós queremos...

Mais uma excelente obra de arte! Parabéns!

Amigo, beijinhos enormes e votos de um bom Domingo...

Cristina disse...

Passei para te desejar um Carnaval muito divertido
:)
Beijinhuu

Related Posts with Thumbnails