quinta-feira, novembro 12, 2009





*
Voaste!
Foste ao encontro de outro horizonte

Voaste!
E poisaste para beber de outra fonte

Para lá do horizonte
Dos meros mortais

Voaste!

E nesse voo acenaste
Não um adeus

Que ninguém parte por vontade

Foi apenas um gesto
Que no vento se encenou

Voaste!

Em direcção do céu
Tornando a noite mais cálida
Se não me traí meu coração
Nova estrela cintilou

Guarda-me lá de onde estás
Sob as tuas asas divinas
Contra o teu colo de mãe
Afaga-me as horas findas
No voo que a alma tem…


( em memória de uma AVÓ que não sendo minha, o foi e será sempre, no meu coração)

jorge@ntunes

2 comentários:

Paula Raposo disse...

Inclino-me na homenagem do coração.
Beijos.

@lexis disse...

Sentida a homenagem
Partilho a dor
Relembro a minha avó
Recordo a minha dor
17 anos depois...

Related Posts with Thumbnails