terça-feira, agosto 18, 2009

hora




Na hora que partes, chegas
Fora de todas as horas
Dentro de todos os tempos
Vais partindo, porque negas
Todas as noites e auroras
Das vezes que vens nos ventos

Sonho que é só memória
Memória da hora luzidia
Lucidez que escreve a história
História de seres um dia

Um dia de não partir
Na hora da despedida
A ver a hora expandir
O sonho que manda a vida…

jorge@ntunes

2 comentários:

Aмbзr Girℓ ⅞ disse...

esse tempo q passa e nos leva a cada segundo...

Blog Suicide Virgin

Geminiana disse...

Hora...sempre é hora de sonhar.
Muito lindo teus versos...amei!
Deixo-te um beijinho,com saudades:)

Related Posts with Thumbnails