quinta-feira, agosto 21, 2008

olhar





Teus olhos, nesta manhã que me acorda
Que me traz ainda o sonho
Teus olhos, desta vontade de agora
Que me desprende do sono

Teus olhos, sóis, deste mundo que sou
Neste derradeiro dia
Teus olhos, que os meus olhos cegou
Nesta escuridão em que os queria

Teus olhos
Que são de prata
Lua
Que não se acaba
Neste poema que dito

São d’oiro
Teus olhos de lava
Astro que em mim desaba
Neste meu sonho aflito

Quero teus olhos, meus olhos
Quero apenas poder sonhar
Estes meus olhos que olham
E amam o teu olhar

jorge@ntunes

3 comentários:

http://toninha.abn.zip.net disse...

Quero teus olhos, meus olhos
Quero apenas poder sonhar
Estes meus olhos que olham
E amam o teu olhar

Belíssimo!Parabéns!

Beijinhos no teu coração

ADORO-TE:)

Paula Antunes disse...

Às vezes basta um simples olhar...

Muito lindo mano.

Beijos

P@ula disse...

Quero-te a olhar para mim
Quero que me queiras assim

Que faço eu desta vontade de ti?

Related Posts with Thumbnails