quinta-feira, abril 24, 2008

adeus





Alguém passou
Sobre mim
Logo voou
E disse adeus

E eu sem acenar
Sem perguntar
Plos sonhos meus

Que alguém levou
Quando passou
E disse adeus

Queria voar
Poder plantar
Neste universo

Um mundo meu
Um olhar teu
Uma flor, um verso

Mas já partiste
No voo triste
De uma revolta

Os céus são teus
E os sonhos meus
Não têm volta

Sobre esta pedra
Gasta e incerta
A ver o mar

A ser banhado
Pelo passado
E o teu olhar

Que um dia, meu
Se desvaneceu
Ao tentar toca-lo

E foi de areia e sal
Ao meu igual
Teu rosto, ao beija-lo

Enquanto a terra girar
O tempo pular
De eternidade
Em eternidade

Estarei neste lugar
A ver o teu voar
De saudade
Em saudade

jorge@ntunes

2 comentários:

Geminiana disse...

Sem palavras...maravilhoso!

Bjs :)

Paula Antunes disse...

Lindo demais...

Beijos:)

Related Posts with Thumbnails