domingo, outubro 16, 2005

quando se sente...



E tudo é diferente
quando se sente
o que eu sinto por ti
a alma não mente
e de repente
já não sou daqui

sou d'outro lugar
sem terra, sem mar
apenas só vento
num imenso olhar
perdido no ar
onde te invento

e nada é diferente...
se tu estás ausente
perco-me de vez
ando por ai
à espera de ti
se tu não me vês

mas tudo é diferente
quando se sente
este ser incostante
um dia sem ti
outro teu amante

jorgr@ntunes

4 comentários:

gnose disse...

No mundo das palavras traças contornos que me alcançam a cada dia...

Agradeço o presente...

Anónimo disse...

Lindo!!!maravilhoso meu bebê... e esta música então?Estou quase chorando aqui...Perco-me de vez...
Vc esquece que meu coração ñ é de pedra? Bjs no teu coração.
Da tua sempre tua Geminiana.

mar_praia disse...

"a alma não mente
e de repente
já não sou daqui"

Tantas vezes que me acontece...

"sou d'outro lugar
sem terra, sem mar"

Isto é que não... sem mar não!

Adorei o poema, sei que passo a vida a dizer isto mas é a realidade...
Beijão enorme!

Paula Raposo disse...

Muito bonito...beijinhos

Related Posts with Thumbnails