sexta-feira, dezembro 30, 2011

fantasma do tempo



Tenho horas de insónias que são vidas
Inteiras por partilhar
Com almofadas e sonhos
Com desejos lúcidos de acordar


Sou um fantasma do tempo
Brisa que se perdeu do vento
E longe se foi urdir

No regaço de um tormento
A romper o firmamento
Sem sentir

E assim, nas horas que foram vidas
A morte ousou prostrar
A minha alma sem rima
…Os poemas no meu olhar…

POETIK

2 comentários:

EnigmA disse...

Perfeitoo!! Nossa há tempos que eu não apareço aqui!! Tenho muita coisa pra ler!!

EnigmA do "Blog do PoE"

Ps.: Adoro o layout do blog!!
Mas tá meio pesado pra internet lenta, tem como otimizar isso sem mudar muita coisa!
Quiser uma força entre em contato ^^

Sonhadora disse...

Que o ano de 2012 seja pleno de amor e felicidade...paz e prosperidade...repleto de realizações e sonhos concretizados...que a vida seja uma suave e doce melodia.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Related Posts with Thumbnails