quinta-feira, outubro 06, 2005

hpv

Porquê a dor?
A dor do corpo e da alma
a dor de mais dor não querer
a dor que faz um homem chorar
a dor que faz a mão de outro homem beijar

um beijo amargo de dor
que apenas pede, não se dá

porquê a dor?
A infinidade da debilidade
a desgraça humana
da vacuidade

e na minha mão, ainda
(a mesma que escreve esta provação)
o calor dessa boca
que louca
pede perdão

e que lágrimas verto eu?
As incapazes de levar a dor
dessa alma em contrição
eu.. alguém sem nome
tocado na dor...
beijado na mão....

jorge@ntunes

Este texto nasceu de momentos de impotência perante a dor humana. Dor física e espiritual, daqueles que diariamente acompanho.

4 comentários:

Paula Raposo disse...

Um lindo poema saído da mão de alguém humano, e como tal, impotente para aliviar a dor de outro alguém. Está muito bonito, não há mais palavras para dizer. Beijos para ti

Cristina disse...

Olá Jorge,
A dor faz parte da vida, assim como a alegria, o amor, etc..
:)
tem um lindo fim de semana
:)
beijinhu

Neith disse...

Antes de mais adorei a imagem do teu blog.
Quanto às palavras...simplesmente belas, profundas, que nascem na alma. Desejo-te um bom fim de semana...beijinhos :)

Anónimo disse...

"Só prova que tens um coração lindo"
E essa dor... nós sabemos bem o que é sentir essa dor.
A tua mana que gosta muito de ti

Paula Antunes

Related Posts with Thumbnails