segunda-feira, dezembro 12, 2005

tomara eu...





...tomara eu que me deixassem lá estar

sempre metida no meu canto!

escusava de ninguém me ver

e eu de ver ninguém...

escusavam de me querer mal...*

e eu de lhes querer mal também



tomara ser eu o vento

apenas uma ilusão

tomara ser eu a neve

no caminho de quem segue

marcando-me a solidão



branca e fria, derretida

como alma que se escusa

nas pisadas de quem passa

sem sentir sua recusa



tomara eu ser ninguém

que não soubessem de mim

ou este ar que respiro

esta dor que transpiro

esta vontade do fim


jorge@ntunes


*Abel Botelho «Amanhã»

3 comentários:

mar_praia disse...

"tomara ser eu o vento"
Para te tocar sempre que me apetecesse
Para te sentir sempre que quisesse
"tomara ser eu o vento"
Para andar por onde quisesse
Com quem quisesse
E quando me apetecesse
"tomara ser eu o vento"
Para ter a liberdade que o vento tem!!!

Isto foi o que te escrevi da outra vez e é o que te deixo agora...
A foto é linda!

Beijão enorme cheio de saudades tuas!

Neith disse...

Palavras e imagem...combinação perfeita ! Um beijo enorme

Paula Raposo disse...

Tomara eu ser um raiozinho de sol para te aquecer e olhar por ti...beijinhos, e vais comigo ao jantar de dia 28 Janeiro, não te escapas porque eu já te inscrevi!!!

Related Posts with Thumbnails