quarta-feira, outubro 17, 2007

mesa de café





Da mesa de café
Trono do meu mundo
Passeio meu olhar
Sobre quem passa

Olhar profundo...
Outras vezes
Olhar de quem disfarça

Entre a Bica
E o Pastel de Nata
Uma eternidade
De olhar
E entre quem entra e sai
Eu... A ficar...

Vou ficando por ficar
Ficando de não poder ficar
Em outro qualquer lugar

Fico...
Porque me deixo ficar
Entre a Bica
Um Pastel de Nata
E um olhar...

jorge@ntunes

3 comentários:

Anónimo disse...

com canela...
a caneta e o bloco de papel...

Anónimo disse...

Feliz Aniversário!

Marta disse...

ai, amei. tua cara esse poema (e acho que minha tbm)
tô com saudades, seu bocó porque não aparece hein?!

Related Posts with Thumbnails